Iluminação no apartamento: dicas básicas!

Postado Por Philuz / Sem categoria /

Na composição da iluminação para apartamentos, assim como para casas e demais ambientes, há uma série de exemplos, tipos e maneiras de levar luz para o seu décor.  Claridade natural, proporcionada pela rede elétrica, luz ambiente e para tarefas são algumas das opções.

Iluminação para Apartamentos: modelo elétrico – A escolha dos sistemas de iluminação para apartamentos elétrica deve ser a mais completa possível para que a claridade do ambiente nunca fique em falta. Lustes, pendentes, embutir lâmpadas pelo teto e plafons nas paredes são ótimos recursos para levar luz à decoração de cozinhas, quartos, salas e banheiros.

1005931312

Iluminação para Apartamentos: versão ambiente – Essa modalidade deve contar com divisões pelo espaço e acendedores que possibilitem melhor distribuição da luz pelo ambiente. Por exemplo, várias lâmpadas seguidas instaladas em um canto da sala e com acendedores que comandam todas ao mesmo tempo.

20130323-221517

Iluminação para Apartamentos: pontos de destaque – crie pontos de destaque para adornos, espaços ou obras de arte com o uso de focos de luz direcionados, que devem ter uma iluminação e claridade mais forte do que a utilizada no ambiente. Com os pontos colocados em direção aos artigos para que a projeção nos itens fique em evidência.

Apto-pequeno-Iluminação

Iluminação para Apartamentos: área de trabalho – Escolher luminárias mesa ou de chão são excelentes alternativas para levar luz aos ambientes de trabalho. A intensidade da luz precisa estar na medida certa para não causar nenhum desconforto com quem a utiliza.  Lâmpadas amarelas oferecem a sensação de aconchego, deixando quem quer que seja sempre relaxado e confortável para usar o ambiente.

Conte com a Philuz para auxiliar no seu projeto lumínico!

Um abraço!

 

 

Fonte: WestWing.

Deixe um Comentário

comentários

Onde nós estamos? Clique para acessar o Google Maps